Slide

Resenha: Warcraft - O Primeiro Encontro de Dois Mundos

Resumo Warcraft filme

Olá, pessoal! Como sempre eu sumo e reapareço!
O que importa é que hoje vamos falar um pouco sobre uma das grandes estreias do mês de Junho: Warcraft- O Primeiro Encontro de Dois Mundos!

Mais precisamente, o filme foi lançado no dia 2 de Junho aqui no Brasil, pela Universal Pictures e esteve sob direção de Duncan Jones.

O filme baseado no homônimo jogo da Blizzard Entertainment, uma famosa produtora de jogos eletrônicos e a idealizadora de jogos de grande renome que, dentre eles, podemos citar: Diablo, StarCraftHearthstone e o mais recente sucesso: Overwatch! (Inclusive me falaram que eu pareço a Tracer hahaha)


Para a alegria(ou tristeza) dos fãs old school da série de jogos, a produção trouxe às telonas as raízes desse mundo fictício, baseando-se em Warcraft: Orcs and Humans, que foi lançado em 1994.

Quando o filme fora anunciado, os fãs previam uma mudança nos ventos do campo de filmes inspirados em jogos, entretanto algumas das críticas divulgadas antecedentes a estreia do filme foram negativas.
Mesmo com o grande fardo de expectativas e responsabilidade, Warcraft foi uma bela representação, e o longa mantêm a essência do universo do jogo que, apesar de não seguir a risca o cânone, também permite a emersão de não-jogadores na trama, mas forma menos eficaz: com nomes, histórias e um turbilhão de informações estranhas aos que não conhecem a origem, gerando certa confusão ao público comum.

O longa também impressiona jogadores e não-jogadores por conta da atração a parte que é o seu visual. Trazendo junto da Industrial Light and Magic uma nova tecnologia na captura de movimentos para a computação gráfica do filme. E não poderíamos esperar menos do que um espetacular detalhamento dos personagens e um show de performance, já que a Industrial Light and Magic também foi a responsável pelos efeitos visuais de outras grandes produções(desde 1975) como: Star Wars, Star Trek, Jurassic Park, Titanic, Harry Potter, Piratas do Caribe e das produções Marvel.


Desconsiderando os atropelos do primeiro filme, estamos diante de uma grande produção fantástica com um acervo de material gigantesco a ser explorado, potencial para se tornar uma franquia de sucesso futuramente e, talvez, um pouco mais devagar para que o público novato possa digerir melhor.

E para quem ainda não assistiu, recomendo fortemente. Aos fãs dos jogos, vale a pena aceitar esse novo plano e aos leigos, vale a pena se aventurar nesse novo mundo!

Confira abaixo o trailer e não fique de fora, corre pra assistir!


Espero que tenham gostado do filme assim como eu gostei. Apesar de vários deslizes, achei interessante a proposta, e, certamente, salvou e deu uma nova cara às produções cinematográficas baseadas em jogos. Esse é o impulso que faltava para que novos filmes venham por aí e a prova de que é possível trazer games às telonas com qualidade.

2 comentários:

  1. Warcraft eu nunca joguei, uma pena hahahaah Ainda preciso ir ver o filme, mas ta difícil pra arranjar alguém pra ir comigo :/

    P.S.: Adorei o blog hahahah os post estão incríveis, do jeito que gosto <3

    Dany Guimarães| Legalmeente Ruiva | Legenda da Trindade
    http://www.legalmeenteruiva.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu vi o filme. Gostei bastante! Fiquei com pena do personagem que morreu. :(

    http://www.lindaepratica.com.br/

    ResponderExcluir