Slide

Melhor adaptado que O Hobbit: Angry Birds- O Filme

Angry Birds O Filme Critica

Angry Birds- O Filme(2016) é uma animação produzida por John Cohen e Catherine Winder e escrito e adaptado por Jon Vitti. O filme trata-se de uma comédia com ação e aventura inspirada na série de jogos Angry Birds que foi desenvolvida pela Rovio Entertainment cujo o primeiro jogo foi lançado para Apple iOS em Dezembro de 2009 quando mais de 12 milhões de cópias foram compradas da Apple's App Store, o que impulsionou a companhia a redesenhar versões para outros smartphones móveis de ecrã táctil, incluindo os sistemas operativos Android, Symbian e Windows Phone. Em seguida a franquia expandiu-se também para consoles e computador.


No dia 12 de Maio tivemos o prazer de receber a estreia aqui no Brasil, e, claro, que eu não poderia deixar de conferir e trazer a crítica pro blog hahaha
Faz alguns anos que não assisto a uma animação tão simples, despretensiosa, mas tão objetiva quanto. Em uma era de Frozen e clássicos da Pixar que sempre mexem com os sentimentos, onde tudo tem um porquê, complexidade e sempre te deixa com aquela mensagem bonita sobre família, amigos, medo, coragem e uma infinidade de outros sentimentos, Angry Birds realmente veio a ataque!
Vindo de um jogo tão simples, com quase nenhuma história ou base, mas que tem uma legião de fãs, a adaptação Angry Birds faria Peter Jackson se lamentar ainda mais pela sua tragédia com a sequência O Hobbit.
É espantadora a coerência do filme e como remete tão bem aos aspectos do jogo, onde até mesmo os personagens ganharam personalidade de acordo com suas habilidades. O background foi extenso e ligou todos os pontos dando razão e motivação às ações e a guerra entre os pássaros e porcos.
Negativamente o filme deixou a desejar por não se posicionar como sendo para adultos ou para crianças, é notável algumas referências como a de O Iluminado e ao mesmo tempo o esforço para agradar o público infantil com cores gritantes e algumas cenas bonitinhas.
O atraso no lançamento também fez com que o filme perdesse um pouco o sentido e que para muitos a primeira vista pareça mais como um caça-níquel, já que atualmente o jogo já não está mais tão em alta como já esteve em outras épocas.
Obviamente o lançamento do filme agora é forçado e mostra o desespero para continuar a vender a franquia e certamente teremos um aumento nas vendas dos produtos relacionados, mas é inegável que o trabalho foi feito e bem feito. Mesmo com a sua simplicidade, consegue cativar e tirar algumas sinceras risadas, o que é nada mais do que o esperado vindo de Jon Vitti que também foi responsável por diversos episódios de Os Simpsons, inclusive no filme da série.


Importante lembrar também, que ao contrário de Mogli que teve uma dublagem decepcionante, Angry Birds foi excelente e as escolhas não poderiam ter sido melhores!
É válido dizer que animações geralmente parecem ser mais fáceis de terem uma boa dublagem, mas é só lembrar de Enrolados da Disney que você vai logo mudar de ideia e notar que... bom, não é tão simples assim, né!
Tivemos Marcelo Adnet, ator, humorista e apresentador, no papel principal de Red; Dani Calabresa conhecida pela sua extensa carreira no meio humorístico e atualmente contratada da emissora Globo onde faz parte do programa Brasil a Bordo, fez a voz da personagem Matilda; destaque também ao Porchat que dublou Chuck de forma impecável para um personagem tão característico(apesar de eu não gostar dele como humorista); o elenco de dubladores também contou com os irmãos Piologo e com o grande Guilherme Briggs que tem uma das mais admiráveis carreiras como dublador no meio da cultura pop, e entre os papeis que já interpretou podemos citar: Freakazoid, Buzz Lightyear, Superman, Mewtwo de Pokémon, Cosmo de Os Padrinhos Mágicos, Optimus Prime de Transformers, Samurai Jack e agora Leonardo em Angry Birds; o filme também contou com Márcio Simões dublador recorrente dos atores Samuel L. Jackson, Will Smith, Bill Murray, Wesley Snipes, dentre outros.

Confira abaixo o trailer
E vocês, já assistiram o filme? O que acharam? Conte pra gente nos comentários!

Nenhum comentário:

Postar um comentário